https://atualiza.acicampinas.com.br/ADMblog/thumbs/500..jpg
Equipe ACIC
Equipe ACIC
Tradicional instituição empresarial de Campinas, fundada em 1920 e com mais de 2.500 empresas associadas, a ACIC apoia o desenvolvimento das empresas por meio de seus 3 pilares para soluções empresariais: Redução de Custos, Oportunidades de Negócios e Educação Empreendedora.

Edutainment: Como o entretenimento transformou a capacitação de colaboradores

A educação corporativa evoluiu rapidamente nos últimos anos e incorporou novas metodologias, ferramentas e tecnologias para torná-la mais atrativa. Uma dessas metodologias é a Edutainment, termo derivado da união de duas palavras em inglês: education (educação) e entertainment (entretenimento).

Aos poucos, a metodologia tem se popularizado e demonstrado excelentes resultados principalmente no engajamento dos times na sua capacitação. Isso porque ela faz uso de ferramentas e estratégias de entretenimento, como músicas, filmes, séries e jogos, tornando as aulas dinâmicas e interessantes.

Os benefícios, contudo, não param por aí. A Edutainment vem enriquecendo o processo de formação de times de diversas maneiras no meio corporativo. Saiba mais sobre isso e como sua empresa pode usar essa nova forma de treinamento.

O que é Edutainment e seus princípios?

Como você já deve ter percebido na introdução deste artigo, Edutainment é uma metodologia que se caracteriza pelo aprendizado por meio do entretenimento, onde a palavra educação representa o objetivo e entretenimento, a linguagem. Ou seja, a pessoa aprende enquanto se diverte.

Embora pareça uma grande inovação, a ideia surgiu com os documentários educativos que usavam personagens do universo infantil de Walt Disney, na década de 40. Entretanto, havia dúvidas sobre a efetividade dessas “aulas” com cara de entretenimento e vice-versa. Hoje, a metodologia é vista como o futuro da educação digital.

O objetivo é capturar a atenção do aluno usando um ponto de vista lúdico, sem aquelas telas maçantes com muito texto, poucas imagens, que fazem com que o estudante/colaborador escape para as redes sociais durante a formação. Assim, são princípios da metodologia:

Envolvimento: as soluções dependem da participação do usuário;

Imersão: quando o entretenimento é bom, a pessoa concentra-se mais em seu conteúdo;

Interação: a troca de experiências é importante para o aprendizado, por isso essa metodologia cria redes (como fóruns e chats);

Diversão: o aprendizado tem que ser divertido e não maçante.

Como a experiência de inserir entretenimento nos treinamentos pode enriquecer o processo de capacitação?

Estudos de Neurociência indicam as melhores práticas para absorção de um conteúdo. Um estudo do psiquiatra norte-americano William Glasser originou o Cone da Aprendizagem.

Através da observação de que as pessoas absorvem apenas 10% do conteúdo que leem, 20% do que ouvem, 30% do que observam, 50% do que veem e ouvem, 70% do que debatem com os outros, 80% do que escrevem e interpretam e 95% do que explicam para os outros.

Portanto, dá para entender a necessidade de expandir as formas de ensinar, pois isso pode enriquecer o processo de capacitação. Se a pessoa tem diante dela um conteúdo com o qual ela precisa interagir, ver, ouvir e depois trocar informações sobre ele com outras pessoas, o aprendizado será potencializado.

Além disso, treinamentos aliados ao entretenimento podem contribuir para o desenvolvimento de habilidades, como liderança, tomada de decisão e gerenciamento de crises. Essas são algumas das habilidades mais exigidas no mercado de hoje.

Para o profissional, em si, os ganhos vão além da melhora do seu desempenho no trabalho. Muitas vezes esses aprendizados do ambiente lúdico são levados para a vida, para o amadurecimento pessoal.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, leia nosso artigo sobre metodologia para engajamento nos treinamentos.

Não fique com dúvida, fale com a Isat!

 

Equipe ACIC|

Pode lhe interessar


Colunistas


Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto

Posts recentes


Assuntos relacionados