http://atualiza.acicampinas.com.br/ADMblog/thumbs/132.png
Equipe ACIC
Equipe ACIC
Tradicional instituição empresarial de Campinas, fundada em 1920 e com mais de 2.500 empresas associadas, a ACIC apoia o desenvolvimento das empresas por meio de seus 3 pilares para soluções empresariais: Redução de Custos, Oportunidades de Negócios e Educação Empreendedora.

6 dicas para fechar o ano com seu negócio financeiramente saudável

[Tempo de leitura: 4 minutos]

O final do ano se aproxima e, com isso, diversas preocupações podem vir à mente com relação às finanças das empresas. Toda essa preocupação é naturalmente justificada devido à importância da gestão financeira para qualquer negócio, afinal, encerrar o ano com uma boa gestão financeira é fundamental para trazer o fôlego necessário para preparar um início de ano com novas metas e novos desafios.

Para se apropriar de uma boa gestão financeira, devemos primeiro fazer o básico bem feito, permanecendo atentos a possíveis mudanças no mercado, nos consumidores e nas empresas com quem fazemos negócio.  Porém, por mais complexas que possam ser essas preocupações, algumas ações simples podem ser aplicadas para auxiliar na prevenção de possíveis dificuldades.

Listamos abaixo, seis dicas essenciais para encerrar 2017 com as finanças de sua empresa em dia e bem estruturadas. Confira:

1 - Antecipe possíveis surpresas

Nesse período, já deve ser obrigação um tradicional planejamento para preparação de um aumento de custos com pessoal, através da incidência do 13º e, dependendo da empresa, bonificações como bônus por performance, por exemplo.. Vale lembrar também que, assim como o mês de julho, os meses de dezembro e janeiro são os mais visados com relação a férias, impactando também em um aumento de custos devido a esse fator. É importante também ficar atento a possíveis reajustes salariais e seus impactos nesses custos.

2 - Hora de reduzir custos

Se durante o ano você ainda não olhou para esse fator, agora é a hora. Uma reestruturação de custos e análise de possíveis gargalos e desperdícios relacionados a essa parte das finanças de sua empresa pode ser a principal aliada para torná-la mais saudável. Devemos também ressaltar que mesmo que suas vendas estejam indo bem, essa ação pode já prevenir sua empresa quanto a futuras baixas no mercado.

3 - Saiba como e onde investir

Controlar gastos não é mesma coisa do que não gastar, e esse passo é importante caso sua empresa esteja com um certo conforto financeiro. Talvez esse seja o momento de alinhar investimentos estratégicos de acordo com os próximos passos que sua empresa pretende dar. Sejam aplicações financeiras para diversificar suas fontes de receita, novos móveis para uma melhor experiência para seus clientes ou então investimentos em marketing para impulsionar suas vendas, o importante é ter a segurança financeira necessária para essa decisão, e mantê-la alinhada a uma projeção de possíveis retornos.

4 - Busque negociações

Esse período também pode ser o melhor momento para negociar dívidas próprias da sua empresa e até mesmo com clientes inadimplentes, devido à adaptação aos diferentes cenários possíveis tanto para sua empresa quanto para seus clientes fecharem o ano no azul. Assim, é melhor contar com algum valor real e factível do que seguir esperando a efetivação das dívidas totais, o que pode demorar um longo período.

5 - Mantenha sua inadimplência ajustada

É fundamental ficar atento aos novos clientes que chegam até sua empresa. Conhecer com quem você está fazendo negócio é muito importante para garantir o retorno financeiro esperado. Da mesma forma, é importantíssimo garantir um forte controle sobre as entradas referentes a clientes atuais. Nesse cenário, uma boa análise de crédito e do perfil financeiro desses clientes se tornam vitais para seu sucesso financeiro, sendo a principal frente de combate para evitar a inadimplência. Para manter esse controle, também é importante recorrer a estudos e notícias para conhecer o nível de inadimplência médio de seu mercado, preparando seu fluxo financeiro de forma a considerar essa média. Outra frente importante é conversar com outros empresários e buscar empresas para benchmarking, conhecendo as estratégias bem utilizadas para controle inadimplência. Ainda assim, é fundamental recorrer a um sistema de consulta e análise de crédito, que será seu grande parceiro neste quesito, afinal, é imprescindível buscar vender para bons clientes.

6 - Planeje futuros cenários

Por fim, temos também que aproveitar o momento para criar o planejamento financeiro para o próximo ano, fazendo a devida análise de cenários e projetando os resultados da empresa para 2018. Aproveite para conversar com seus parceiros e fornecedores na área de finanças para alinhar as melhores estratégias para o ano que se inicia e conte sempre com a ACIC para auxiliar sua empresa no que for preciso.

 


Equipe ACIC|

Pode lhe interessar


Colunistas


Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto

Posts recentes


Assuntos relacionados