http://atualiza.acicampinas.com.br/ADMblog/thumbs/41.jpg
Adriano Pedro Bom
Adriano Pedro Bom
Sócio-diretor da Propter Desenvolvimento Gerencial

Uma matéria que não se aprende na escola...

...e é condição essencial para o sucesso profissional

Posso estar enganado, mas não creio que esteja. Há um tema que não se apresenta na grade curricular de nenhum curso de ensino superior no Brasil: Networking. É certo que o conhecimento de matemática é fundamental para um engenheiro. Saber anatomia é essencial para um médico. Entretanto, saber como construir uma sólida e produtiva rede de contatos profissionais é essencial a qualquer pessoa que queira progredir em seu campo de especialidade. Por que isso não é tratado no ensino superior como um curso específico?

Quem acredita que esse assunto não seja extenso o suficiente para merecer um curso especial em uma grade universitária, pode pertencer a um de dois grupos: ou tem um talento natural para networking e constrói fortes redes profissionais com facilidade (e, portanto, acredita que não haja o que aprender), ou desconhece quantas possibilidades e técnicas estão envolvidas nesse tema. 

Eu, particularmente, nunca tive talento natural para networking. E aprendo a cada dia o quanto uma rede profissional faz a diferença. E quem busca uma nova oportunidade de trabalho sente na pele o que estou falando. Nesse particular, seguem algumas dicas sobre rede de contatos para quem passa por um momento de transição profissional.

O Networking para quem busca recolocação

1) Comece agora. Construir uma rede de contatos leva tempo. A literatura (e a prática) apontam que, começando do zero, o tempo para que os primeiros frutos sejam colhidos é de cerca de seis meses. Não há garantias. Portanto, comece já. 

2) Trabalhe PARA a sua rede. É comum que um profissional em situação de transição se apresente e solicite a todos os seus contatos que o informem sobre eventuais vagas. E o que em geral ele faz em troca? Nada. Esse é o grande erro. Trabalhe para sua rede! Há contatos buscando recolocação? Encaminhe-lhes as vagas que você localizar. Há colegas com interesses específicos? Envie-lhes material de valor a respeito (temas técnicos, novidades, informações, notícias, etc.). Interesse-se pelos projetos de seus contatos e procure desenvolver formas de contribuir como eles. Utilize sua especialidade profissional. 

3) Treine seu vendedor. Como alguém pode lhe indicar uma vaga sem saber de fato o que você faz ou o que você busca? Deixe isso bem claro. Um currículo bem redigido, um perfil atualizado no LinkedIn, uma carta de apresentação, etc. são ferramentas mínimas. E, preferencialmente, entre em contato pessoalmente com quem vai referenciá-lo. Ainda que seja apenas por telefone.

4) Treine continuamente e trabalhe continuamente. De todos os erros que já vi serem cometidos por quem busca recolocação, o maior deles é sem dúvida deixar de atender à sua rede ou parar de manter contato com quem possa lhe referenciar depois de recolocado. Conquistou uma nova vaga? Intensifique o networking! Contribua com quem esteja buscando recolocação; pense em formas de retribuir a todos que lhe encaminharam oportunidades; interesse-se pelo sucesso dos outros e trabalhe para isso; agradeça individualmente (assim como fez para solicitar ajuda) a todos com quem manteve contato; continue mantendo-os a par de seu progresso profissional e de seus objetivos de carreira. 

5) Faça do networking uma formação. Se você, assim como eu e muitos outros profissionais, não teve a oportunidade de aprender networking na escola, seja autodidata. Estude, pesquise, acompanhe quem domine técnicas de sucesso. Sempre há o que aprender. 

Quem sabe um dia teremos a oportunidade de conversarmos a respeito pessoalmente? Afinal de contas, nossas redes de contatos podem ter muitos pontos em comum. 

Abraço, e sucesso!

Adriano Pedro Bom
Sócio Diretor da Propter Desenvolvimento Gerencial
Educação Corporativa
http://www.propterdg.com.br


Adriano Pedro Bom| Networking, Adriano-Pedro-Bom, ACIC

Pode lhe interessar


Colunistas


Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto

Posts recentes


Assuntos relacionados