http://atualiza.acicampinas.com.br/ADMblog/thumbs/124.jpg
FM2S
FM2S

Como o Lean Seis Sigma poderia melhorar o Varejo?

Qual é a importância do Varejo?

A indústria de varejo é um dos maiores impulsionadores da economia dos EUA e do Brasil. De acordo com um estudo realizado, o varejo suporta 42 milhões de empregos e contribui com US$ 2,6 trilhões por ano para o PIB, só nos EUA. No Brasil, o setor gira 188 Bilhões e emprega cerca de 10 milhões de trabalhadores, o que significa 72% de todo o setor do comércio.

Os EUA são o lar de 76 das maiores empresas de varejo do mundo, e quando medido unicamente por números de receita, é considerado líder no setor. O negócio de varejo é composto de várias partes móveis, deixando espaço para otimização. Esta é uma área onde a implementação do Six Sigma pode beneficiar os varejistas.

O objetivo da metodologia Six Sigma é reduzir o desperdício e melhorar a qualidade de um produto ou serviço. A execução de uma loja de varejo exige tarefas contínuas, como merchandising, estocagem, marketing, gerenciamento de um grande número de funcionários e criação de exibições de projetos, para citar alguns.

O custo incorrido pelos varejistas em relação às operações na loja representa uma grande parcela da venda e despesas gerais. Implementar o Six Sigma, em um esforço para otimizar essa função poderia afetar significativamente o gerenciamento de custos, bem como a satisfação do cliente.

Como o Seis Sigma pode auxiliar o varejo?

Como melhorar o Check-out?

Uma experiência de check-out rápido quase sempre resulta em maior satisfação e lealdade do cliente, tornando-se um dos processos mais críticos voltados para o cliente que ocorre nas lojas de varejo. As principais partes do processo incluem o envolvimento com os clientes, o empoderamento do pessoal, a previsão da demanda, a coleta de informações efetivamente, a prestação de um serviço personalizado e, o mais importante, a garantia da satisfação do cliente.

Por natureza, os princípios do Six Sigma são focados no cliente e, quando relacionados com as ferramentas Lean apropriadas, podem ser uma maneira poderosa de resolver problemas, concentrando-se no cliente. As ferramentas Lean incluem análise de fluxo de valor, princípios Lean e análise de dados da loja.

Como organizar o Processamento de frete?

O objetivo geral do processamento do frete é impulsionar as vendas mantendo as prateleiras da loja cheias. Algumas das principais técnicas Six Sigma e Lean que podem ajudar a melhorar o processamento de frete, incluem estudos de tempos e movimentos, agilizar tarefas, análise de fluxo de valor, equilíbrio de trabalho e princípios Lean padrão.

Como aumentar a taxa de Conversão?

Uma grande porcentagem de decisões de compra acontece na loja. Um planograma efetivo ou um modelo visual de posicionamento de produtos, não só leva os clientes a tomar decisões de compra impulsivas, mas também facilita aos clientes escolherem entre mercadorias de substituição disponíveis quando sua primeira opção está fora de estoque. Um planograma efetivo permite o merchandising do produto certo no lugar e tempo certos, levando eventualmente a uma venda. A execução bem-sucedida do planograma inclui a remoção de atividades desnecessárias, o planejamento de planogramas com informações relevantes e adequadas e o uso de um carrinho de planejamento.

Como aumentar a margem de lucro?

As margens no varejo são extremamente espremidas, então cada dinheiro conta. O Six Sigma é uma maneira de identificar oportunidades para eliminar o desperdício, variações indesejadas e erros nos processos comerciais de varejo, que custam dinheiro, não agregam valor aos clientes e não contribuem para a linha inferior.

Quer uma ajuda para a Gestão do Estoque?

A gestão de estoque é realizada de diversas maneiras e exerce um enorme impacto financeiro sobre qualquer organização, principalmente tratando-se do varejo. O custo de estocagem inclui o custo de capital relacionado à manutenção do espaço físico e dos bens, o custo do armazém propriamente dito, custo de depreciação dos bens que ficam armazenados, além de outros.

Sendo assim, a gestão de estoque é extremamente importante para o varejo, tanto do ponto de vista financeiro, quanto do ponto de vista da manutenção de seus ativos e da alocação de sua mão-de-obra, e é um importante alvo para projetos de melhoria contínua.

Sabendo da importância do tema aqui discutido, disponibilizamos uma planilha para auxiliar na sua gestão de estoque.

Dicas práticas para o varejo

Antes de implementar Six Sigma, é importante conhecer alguns dos desafios que você pode enfrentar. Os mais comuns incluem:

Alterar Entradas de Múltiplas Funções

As lojas de varejo estão constantemente recebendo solicitações de mudanças e melhorias de vários departamentos, o que faz com que o gerente da loja tenha que determinar quais soluções adotar e a qual ignorar ou adiar. Isso pode transformar as mudanças mais simples em um processo complexo que pode criar agravamento entre gerentes e funcionários.

Além disso, a implementação de mudanças relativamente simples torna-se mais complexa do que o esperado devido a diferentes modelos e tamanhos, e as soluções criadas raramente são de tamanho único.

Para mitigar problemas e auxiliar na melhoria dos processos o uso de ferramentas relacionadas ao Lean e ao Seis Sigmas como o VSM, Mapeamento de Processos, Fluxograma e SIPOC.

Minimizando o Impacto das Mudanças do Processo nos Clientes

O impacto potencial que as mudanças do processo poderiam ter nos clientes não deve ser ignorado. Quando se trata de mudanças físicas, em muitos casos, as lojas são forçadas a fazer essas mudanças fora do horário de atendimento, evitando afetar negativamente a experiência do cliente. Esse desafio tipicamente atrasa ou limita as mudanças nas lojas ou impede a sua rápida implementação.

Qual é o trabalho que seu produto ou serviço faz para seu cliente?

CRM: Como esse processo pode revolucionar seus resultados?

Clientes

Importância de ser Focado no Cliente

As empresas estão sob pressão constante para proporcionar maior satisfação do cliente em relação à entrega de uma experiência de qualidade total. A metodologia Six Sigma e suas ferramentas estão basicamente baseadas em melhorar continuamente os processos de negócios, reduzir erros e focar o cliente e/ou produto e serviço.

As principais empresas varejistas do mundo compreendem a importância de estar focada no cliente. As empresas centradas no cliente são 60% mais rentáveis em comparação com as que não se concentram na construção de relacionamentos com clientes. Quando o dinheiro fica apertado, os consumidores se tornam mais seletivos em suas escolhas de marca, e as empresas bem-sucedidas continuarão a ser aquelas que forjam relacionamentos com os clientes com base no respeito, qualidade e atendimento ao cliente profissional.

Dessa maneira, está cada vez mais importante que o varejo brasileiro comece a mudar o seu foco para isso. A formação Green Belt e Black Belt em seus gestores, irá potencializar uma série de mudanças que colocarão o varejo em condição de igualdade com as lojas virtuais, os ditos e-commerces que tanto crescem no país.


FM2S| varejo, sigma, fm2s, green belt, black belt, lojas, lojas virtuais, e-commerces, seis sigma

Pode lhe interessar


Colunistas


Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto

Posts recentes


Assuntos relacionados